09.01.2019  /  10:47

Católico fervoroso, ator de “Desperate Housewives” revela que perdeu trabalhos por recusar beijos técnicos

Neal McDonough com a mulher, Rube || Créditos: Getty Images

Mais conhecido no Brasil por conta das pontas de luxo que fez em séries como “Desperate Housewives” e “Band of Brothers”, o ator americano Neal McDonough não pensa duas vezes quando precisa escolher entre manter a união dentro de casa e um possível papel dos sonhos em Hollywood que requeira beijos técnicos e otras cositas más, algo que não faz nem sob tortura por causa de sua religião e dos ciúmes da mulher, a ex-modelo Rube Robertson.

Em entrevista à revista “Closer Weekly”, McDonough contou que já perdeu vários trabalhos por causa disso porém não se arrepende de suas escolhas. “Eu jamais beijarei outra pessoa, nem mesmo de ‘mentirinha’, porque meus lábios são só da Rube”, ele disse todo orgulhoso no bate papo.

Católico fervoroso, McDonough, de 52 anos, teve seu grande último papel na série da rede “ABC” “Scoundrels”, em 2010, mas acabou sendo demitido porque se negou a gravar uma cena de sexo com a colega de elenco Virginia Madsen. Ele calcula ter perdido mais de US$ 1 milhão (R$ 3,7 milhões) em salários que deixou de receber por causa da recusa.

De lá pra cá o astro da telinha apareceu em várias outras séries e chegou a contracenar com Meghan Markle em 15 episódios de “Suits” que foram ao ar entre 2014 e 2016, mas nunca repetiu o sucesso que conquistou nos anos de “Scoundrels”. “Prefiro que seja assim. Minha carreira tem sido fenomenal e minha vida pessoal está sendo melhor ainda”, ele argumentou na conversa com a “Closer Weekly”. “Coloquei Deus e minha mulher em primeiro lugar, o resto é resto”. (Por Anderson Antunes)