Casais famosos que se conheceram online provam que é possível encontrar o crush da vida no meio digital

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0

Sem atualizar o status de relacionamento em plena pandemia? Com o isolamento social, causado pela pandemia do coronavírus, é natural que as relações não saiam do zero e zero devido a falta de vida social. Ainda assim, isso não é desculpa para deixar a vida amorosa de lado. Para te animar a pensar no caso, o Glamurama reuniu alguns casais famosos, que seguem firme e fortes, e que deram o pontapé inicial na relação através do mundo digital.

Sabrina Sato e Duda Nagle 

Noivo, o ator contou que foi notado pela mãe de sua filha com a ajuda da internet. “Conheci pela rede social. Eu já tinha mandado dois ‘oi’ cheio de mistério e ela não respondeu. A gente já se conhecia de situações sociais, aquele papo de 20 segundos. A Sabrina sempre tinha uma camada de gente em volta dela. Eu mandei mensagem e ela me ignorou. Deu um tempo e ela começou a curtir as minhas fotos, ‘opa, que legal’. Me enchi de coragem de novo e mandei outro oi. Aí, dessa vez, ela respondeu”, revelou o pai de Zoe no “Encontro”.

Sophia Turner e Joe Jonas

Em entrevista para uma revista britânica, a eterna Sansa Stark de ‘Game Of Thrones’ revelou que a relação só avançou depois do contato online. “Nós tínhamos muitos amigos em comum, e eles ficaram tentando nos apresentar por muito tempo. Nós estávamos nos seguindo no Instagram e ele me mandou uma DM num belo dia, do nada”, disse ela. O casal, que se uniu em uma cerimônia em Las Vegas, é pai de Willa Jonas.

Deborah Secco e Hugo Moura

Mexendo no Instagram, a atriz se deparou com o perfil de Hugo, com quem tinha uma amiga em comum, e disse que havia encontrado o “pai de seus filhos”. Ao curtir várias fotos do amado, Deborah chamou a atenção do modelo. “À noite, fui para casa e chegou uma mensagem dele no meu Instagram: ‘Vi que você começou a me seguir’. Falamos um pouco e ele disse: ‘Que coincidência, estive com a Fernanda [a amiga] esse fim de semana e ela falou muito de você’. Aí eu: ‘Coincidência não, querido, você vai ser meu marido, pai dos meus filhos’. E ele: ‘Então a gente precisa se encontrar, né?’. Eu: ‘Vem para cá agora’. Ele veio, a gente transou e lá pelas 3h30 ele disse que ia embora. Eu disse: ‘Não vai, não. Olha, acho que você não entendeu: tá vendo esse armário aqui? É todo seu'”, revelou ela em entrevista.

Ricky Martin e Jwan Yosef

O cantor também conheceu seu marido, Jwan Yosef, no Instagram. “Conheci meu amor no Instagram. Sou um colecionador de arte e ele é artista. Escrevi para ele e conversamos por uns seis meses, sem que eu ouvisse sua voz”, compartilhou Martin, que é pai de Lucia, Valentino, Matteo e Renn.

Bruna Marquezine e Enzo Celulari

A história do casal vem desde meados de abril de 2020, quando os dois fizeram parte de um evento beneficente e acabaram trocando mensagens em tempos de quarentena. “Antes de pensar em me relacionar com o Enzo, eu já admirava o trabalho dele. Ele recebeu uma criação maravilhosa, teve todo o conforto e estaria tudo certo se não fizesse nada – mas foi para o terceiro setor, trabalhar pra ajudar as pessoas. A gente começou a se falar porque me coloquei à disposição pra ajudá-lo nessa pandemia, mas me disseram que ele tinha ali umas segundas intenções também, e eu pensei: ‘Ô, vamos ver…'”, relatou em papo com a imprensa.

Sarah Paulson e Holland Taylor

A icônica estrela de “American Horror Story” revelou que seu namoro começou com uma seguida no Twitter. “Estávamos fazendo uma coisa na casa de Martha Plimpton. Era para uma organização com a qual ela estava trabalhando e nós estávamos ambas fazendo um pequeno anúncio público. Nós meio que ficamos brisadas uma pela outra, e então começamos a nos seguir no Twitter, e então…”, disse ela no “Watch What Happens Live”. A artista confirmou que recebeu uma mensagem de Holland Taylor pela rede social: “Ela fez isso! É muito legal”.

Débora Olivieri e Ruud Dankers 

No Carnaval de 2014, a atriz conheceu o marido, o holandês Ruud Dankers, através do aplicativo de relacionamentos Tinder. “Criei o perfil no Tinder aconselhada por minha filha mais velha. Resisti bastante, mas eu estava há 15 anos sem me relacionar com ninguém. Sentia falta de um companheiro. O Ruud estava no Rio, tinha chegado ao Brasil naquele dia. Começamos a conversar, saímos e, desde então, sempre que possível estamos juntos. Não conseguimos ficar mais de um mês separados”, comentou ela para Patrícia Kogut.

Rafa Brites e Felipe Andreoli

Rafa Brites e Felipe Andreoli se uniram graças ao Facebook. A “cutucada” partiu de Felipe quando viu o perfil da apresentadora na rede social de um amigo. “Cheguei a duvidar se ela era real. Se era aquilo tudo mesmo que eu via nas fotos”, lembrou o jornalista. Após muitas noites de encontros virtuais, os pais de Rocco marcaram o primeiro encontro em uma sorveteria, em São Paulo.

Dua Lipa e Anwar Hadid

Ainda que eles tenham se conhecido em um churrasco, o relacionamento de Dua Lipa e Anwar Hadid se desenvolveu através de DMs. A cantora revelou isso durante uma entrevista, quando o apresentador perguntou sobre enviar mensagens para celebridades nas redes sociais: “Eu definitivamente fiz isso”, disse Dua ao programa “Watch What Happens Live with Andy Cohen”.

Viu como é possível? Se após essas histórias românticas você se empolgou, confira alguns aplicativos que podem a ajudar a encontrar o crush da vida.

Tinder: multiplataforma de localização de pessoas para serviços de relacionamentos online, cruzando informações do Facebook e do Spotify, localizando as pessoas geograficamente próximas.

Bumble: uma rede social que quer que você se sinta confiante em qualquer tipo de relação, seja ela de romance, amizade ou networking.  No aplicativo, quando acontece uma conexão entre sexos opostos, as mulheres devem dar o primeiro passo.

Happn: aplicativo móvel de busca social baseado em localização que permite que os usuários curtam ou descurtam outros usuários. Ele autoriza que os usuários conversem entre si se ambas as partes gostarem uma da outra.

Grindr: uma rede social exclusiva para pessoas gays, bi, trans e queer, que usa ferramenta de geolocalização dos aparelhos para conectar usuários e fornece a opção de filtros para ajudar o usuário a encontrar potenciais parceiros.

Badoo: permite encontrar pessoas que estão por perto para iniciar uma relação de amizade ou de namoro. O formato é muito parecido com o Tinder, em que é possível escolher pessoas anonimamente a partir de um catálogo virtual, mas também é possível descobrir novos contatos de formas não anônimas, como convidando para chats privados ou curtindo os perfis.