15.04.2018  /  9:00

Casa de praia que já pertenceu a Bernie Madoff é colocada à venda por R$ 72 mi

A propriedade que já foi do ex-poderoso de Wall St. || Créditos: Reprodução

Enfim, algo relativo a Bernard Madoff pode finalmente dar lucro: uma casa localizada no litoral do estado de Nova York que pertenceu ao homem que orquestrou a maior pirâmide financeira da história foi colocada à venda nesta semana por US$ 21 milhões (R$ 71,8 milhões). A soma é bem maior do que os US$ 9,41 milhões (R$ 32,2 milhões) desembolsados pelo atual proprietário, o magnata do setor imobiliário Steven Roth, quando comprou a residência em 2009 em um leilão público (naquela altura, todo o patrimônio de Bernie já tinha sido confiscado a pedido das vítimas do esquema fraudulento dele).

Apesar de ter pouco mais de 278 metros quadrados, a propriedade que fica na praia de Montauk ocupa um terreno de mais de 6 mil metros quadrados, raridade naquelas bandas, e tem mais de 54 metros de frente para o mar. Sem falar que foi totalmente redecorada a pedido de Roth pelo arquiteto Thierry Despont, com móveis assinados por designers badalados como Vladimir Kagan e Jeff Zimmerman. O contra é que reza a lenda que foi lá que seu ex-dono famoso orquestrou boa parte dos crimes.

Madoff provavelmente nem sabe do negócio, já que continua preso na Carolina Norte onde cumpre pena de 150 anos pelos mais de US$ 65 bilhões (R$ 222,4 bilhões) de prejuízos causados a mais de 24 mil pessoas. Isso contando apenas aquelas afetadas diretamente pelas ações do “gênio” de Wall Street. (Por Anderson Antunes)

Um dos últimos cliques de Madoff antes da condenação, em 2009 || Créditos: Getty Images