19.08.2019  /  18:10

Carol Dieckmann fala sobre outro talento além de atuar e cantar: “Mais que autorretratos, pinto meus sentimentos”

Carolina Dieckmann no Programa do Bial // Divulgação

Carol Dieckmann já contou para o Glamurama que está dando um tempo na telinha para se jogar em duas novas frentes: a de cantora, com o musical ‘Karolkê’, que já se apresentou em São Paulo e no Rio,  e também nas artes plásticas. E ela fala sobre essas e outras histórias no ‘Programa do Bial’ desta terça-feira.

“Não me tornei uma cantora agora. Sou uma atriz que canta e que se sente muito tocada pela música. Eu interpreto as canções. E isso não é uma brincadeira, pois eu levo tudo que eu faço muito a sério”, conta a artista, que está em cartaz pelo Brasil com o espetáculo “Karolkê”. Já a pintura, Carolina descobriu nos Estados Unidos, país em que mora há alguns anos: “Comecei com a aquarela, pouco mais de três anos atrás, quando me mudei para Miami. Mais do que autorretratos, eu pinto meus sentimentos. E ainda tenho planos de ilustrar um livro infantil”.

De volta ao passado, Carol relembra a famosa cena do corte de cabelo na novela ‘Laços de Família’ (2000): “Foi muito importante para mim. Não só por ter marcado a minha carreira, mas por que foi num momento em que eu estava me questionando sobre a profissão. Quando fiquei sabendo que teria que fazer duas horas diárias de maquiagem para caracterização da personagem, tomei a decisão de raspar o cabelo. Depois daquela gravação, tive certeza de que estava sendo escolhida pela arte. Não fui eu que escolhi, eu me deixei ser escolhida”, relembra emocionada.