26.02.2020  /  15:05

Carnaval de Salvador acabou com motivos para comemorar: dias de folia registraram redução da violência

Segurança no Carnaval de Salvador || Divulgação

Nada melhor do que curtir a folia na tranquilidade e as informações do Carnaval de Salvador deste ano são positivos quando o assunto é segurança. Os dados dos dias de festa foram apresentados na manhã desta quarta-feira, no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, durante coletiva de balanço da festa realizado pelo Governo do Estado da Bahia. O Sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança ajudou na captura de 42 foragidos da Justiça que passaram pelo processo de identificação humana, em alguns casos com o recurso do “Face Check” – foto da palma da mão e comparação das impressões digitais – ferramenta usada em fase de teste.

O Carnaval de Salvador terminou sem registro de morte violenta nos três circuitos. As tentativas de homicídio tiveram queda de 70%. “Se pegarmos o número geral de público e fizermos uma conta proporcional à quantidade de ocorrências, temos 0,003% de vítimas de delitos”, comentou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

Além disso, o Sistema de Reconhecimento Facial ajudou a identificar o número aproximado de foliões que curtiram o Carnaval no fervo baiano. Ao todo, foram 11,7 milhões de pessoas entre quinta e a quarta de cinzas. Uau! Desse número, 6,9 milhões se concentraram nos bairros da Barra e Ondina. No circuito Osmar (Centro) foram 3,4 milhões e no Batatinha (Centro Histórico) 1,4 milhões pessoas.