02.05.2016  /  10:43

Carminho anuncia álbum só com Tom Jobim em show no Rio

 

a
Carminho durante show no Vivo Rio, no Rio de Janeiro || Crédito: Ricardo Nunes

Carminho já se considera de casa. A fadista portuguesa, que já perdeu a conta de quantas vezes veio ao Brasil, lotou o único show no Rio de Janeiro, na noite desse domingo, no Vivo Rio, no Flamengo. Com canções brasileiras misturadas entre seus fados e músicas tradicionais da terrinha, a cantora, que é lirismo puro, deu uma ótima notícia para os fãs: vai gravar um álbum só com composições de Tom Jobim.

O anúncio foi feito ao final da apresentação, ao lado de Paulo Jobim, filho de Tom, que acompanhou Carminho no violão com a canção “O que tinha de ser”. “A ideia é gravarmos 13 músicas neste CD, entre elas ‘Luiza’ e ‘Sabiá’, que eu adoro, para ser lançado no Brasil e em Portugal em 2017”, disse a cantora ao Glamurama.

O convite veio da própria família de Tom, em meados do ano passado: “Houve esse convite – pra mim, um desafio – para que eu fizesse interpretações dessas canções. Depois estive com o Paulo e juntos estamos buscando repertório, escolhendo alguns arranjos, a instrumentação. O Tom é um marco na vida de qualquer músico que se encontra com a obra dele”.

Além de “O que tinha de ser”, Carminho brilhou ao interpretar “Sabiá”, de Tom e Chico, “Saudades do Brasil em Portugal”, de Vinicius de Moraes, e “A chuva no mar”, de Marisa Monte –  presente na plateia. “Eu tive o privilégio de conhecer uma pessoa encantadora que me inspirava há muitos anos, mas que só descobri pessoalmente mais tarde. E ela me ofereceu uma canção. E ela esta aqui. É um privilégio poder cantar para ela… Marisa Monte”, anunciou Carminho no palco.

*

Cauã Reymond, Ricardo Pereira e sua mulher, Francisca Pinto, Mariana Ximenes e o diretor Miguel Faria Jr, que gravou com Carminho para o documentário sobre o Chico Buarque, também prestigiaram a portuguesa em uma noite cheia de encantos. (Por Denise Meira do Amaral)