22.08.2020  /  9:00

‘Cancelado’ por fazer comentários antissemitas, Nick Cannon embarca em ‘turnê de desculpas’

    Nick Cannon || Créditos: Reprodução

Em tempos de cancelamento, chama atenção o fato de que a gigante americana de mídia ViacomCBS sinalizou recentemente que está disposta a perdoar Nick Cannon por causa dos comentários considerados antissemitas que ele fez durante um podcast do qual participou no mês passado. Até então apresentador do programa “Wild ‘N Out”, um hit na MTV, que pertence à ViacomCBS, Cannon perdeu o empregão em razão do que disse no ar.

Desde então, no entanto, o ex-marido de Mariah Carey embarcou em uma “turnê de desculpas” pelos Estados Unidos, contratou assessores de imagem para tentar apagar o incêndio que causou e, melhor de tudo, se matriculou em cursos sobre a história dos judeus ministrados pelo renomado rabino Abraham Cooper do Centro Simon Wiesenthal de Los Angeles, que tem seguidores famosos tanto entre as celebridades quanto entre os poderosos dos bastidores de Hollywood.

“Consideramos a atitude do Nick perante o erro que cometeu no passado recente muito sensata, e por isso temos esperanças de que ele volte a trabalhar conosco”, disse nessa semana Chris McCarthy, presidente de entretenimento de marcas jovens da ViacomCBS, em nota. Além do job na MTV, Cannon também atuava há anos como conselheiro criativo do Nickelodeon, outro canal do conglomerado, no qual também chegou a ter atrações. (Por Anderson Antunes)