Detalhe da obra “Cena de interior II”, de Adriana Varejão e o MASP: a exposição “Histórias da sexualidade” é sucesso de público! || Créditos: Divulgação

Exposição “Histórias da sexualidade”, em cartaz no MASP, bate recorde de visitação

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Detalhe da obra “Cena de interior II”, de Adriana Varejão, no MASP: sucesso de público! || Créditos: Divulgação

A abertura da exposição “Histórias da sexualidade”, no dia 19 de outubro, foi a mais movimentada deste ano no MASP, com a presença de 1235 pessoas. Além disso, nos quatro primeiros dias de exposição, da qual falamos antes aqui no Glamurama, o museu teve um total de 11.000 visitantes, o que representa mais que o dobro em comparação com o mesmo período no ano passado. Os números justificam as filas na área externa do MASP e também do lado de dentro – algumas vezes a fila se estende pela escada que liga o primeiro ao segundo andar.

Uma vez dentro da exposição, o congestionamento maior acontece na última sala, exatamente onde se encontra o quadro “Cena de interior II”, de Adriana Varejão. A tela foi um dos pivôs do cancelamento da exposição “Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira”, que estava em cartaz no Santander Cultural, em Porto Alegre. O quadro de Varejão foi acusado de fazer apologia a pedofilia e a zoofilia. A exposição segue em cartaz até o dia 14 de fevereiro de 2018. Agende-se!

Você também pode gostar