16.04.2020  /  10:32

Campeonato beneficente de golf que reuniria Tom Brady e Peyton Manning pode ser cancelado

Os astros do futebol americano Peyton Manning e Tom Brady || Créditos: Reprodução

Um encontro de titãs do mundo esportivo americano, que por enquanto segue confirmado para meados de maio ou começo de junho, corre o risco de entrar para a lista dos mega-eventos cancelados por causa da pandemia de Covid-19. Trata-se de um campeonato beneficente de golf que teria astros do esporte como Tiger Woods e Phil Mickelson enfrentando outros de categorias diferentes, como os reis do futebol americano Tom Brady e Peyton Manning, esse último já aposentado. Batizado “The Match”, o “get together” de atletas não tem nada de amador: com produção conjunta entre a PGA Tour, a organização que representa os golfistas profissionais dos Estados Unidos, em parceria com a WarnerMedia, tem orçamento na casa dos US$ 9 milhões (R$ 47 milhões) e será transmitido pela “TNT” no país – aliás, várias cotas de patrocínio da atração já foram vendidas pela rede de televisão.

Mas, caso a crise causada pelo novo coronavírus por lá não apresente sinais de melhora, a única opção que restá é adiá-lo para o ano que vem. Uma data ainda em 2020 para o evento não seria uma solução, já que a partir de agosto chove bastante nos EUA, o que dificulta a realização de partidas de golfe por lá. Realizada anualmente em prol de várias ONGs apoiadas pela PGA Tour, sempre com arrecadações na casa das dezenas de milhões de dólares, a “The Match” é aguardadíssima por muitas delas que dependem dessas doações para sobreviver. Se realmente for cancelada, a pressão para que o marido de Gisele Bündchen, Woods e companhia enviem “cheques de compensação” para essas ONGs será grande. (Por Anderson Antunes)