01.06.2020  /  10:19

Campanha antirracismo da Nike faz sucesso no Insta e é repostada até no perfil da arquirrival adidas

O momento é de união no segmento de sportswear || Créditos: Reprodução

Assunto do momento nos Estados Unidos, o assassinato do afro-americano George Floyd por um policial branco de Minneapolis na semana passada resultou em um raro ato de união das duas maiores marcas de sportswear do mundo nesse fim de semana. Tudo começou quando a Nike publicou em seus perfis oficiais no Instagram e no Twitter o vídeo de uma campanha antirracismo que já teve mais de 20 milhões de visualizações. E o sucesso do filme foi tão grande que até a alemã adidas, maior rival da marca americana, republicou em suas redes sociais.

Além de ambas serem contra a discriminação racial, as duas gigantes também têm em comum o fato de que muitos de seus clientes, sobretudo os mais jovens, são racialmente diversos. Isso sem falar que tanto uma quanto a outra contam atualmente com grandes nomes afro-americanos dos esportes e da música entre seus maiores parceiros – basta citar Michael Jordan, que produz os desejadíssimos Jordans com a Nike, e Pharrell Williams e Kanye West, que juntos com a adidas fazem os sneakers Hu e Yeezy, respectivamente.

“Juntos é como devemos avançar. Juntos é como fazemos mudanças”, a adidas postou em seu perfil oficial no microblog. “Tá aí algo que eu nunca tinha imaginado: a Nike e a adidas se unido em prol de um mesmo objetivo”, comentou um tuiteiro sobre a união online da dupla inusitada. Clap, clap, clap! (Por Anderson Antunes)

*

Abaixo, o vídeo da Nike repostado nos perfis oficiais da adidas: