11.09.2017  /  11:40

Camila Pitanga, aos 40: “Menos volátil, em um processo de revalorização da vida”

Camila Pitanga || Créditos: Bruna Guerra

Camila Pitanga acaba de completar 40 anos. No big deal? Bom, ela garante que o tempo é de serenidade. “A idade da loba veio como mais um dia tranquilo. Tenho a expectativa de 40 anos ser bacana, um processo de revalorização da vida, de repensar reais desejos. Estou muito em paz, essa é a tônica”.

A Camila de 20 anos é muito diferente da de hoje? “Muita coisa mudou. Agora tenho uma vida mais estável, uma família bem cuidada, e especificamente neste ano isso só se fortaleceu. Estou me dando esse presente”. O temperamento mudou também? “Ninguém é uma coisa só: um dia estou mais louca, outro mais zen. Todo mundo é um pouco assim, ainda mais geminiana como eu. Mas sem dúvida a maturidade faz com que você seja menos volátil, tenha uma tranquilidade de não ansiar tanto. Saber esperar, como o mar, que vai e volta, deixar o curso das coisas agir naturalmente… O que não quer dizer que não tenha que lutar pelo que quer, regar as coisas, as sementes do que deseja, mas as expectativas ficam mais acalmadas…”

Como cidadã, Camila tem focado em… “Na necessidade da humanidade de pensar o feminismo, a comunidade LGBT, avançar na questão racial. Com todo o retrocesso que temos vivido, é preciso reavaliar nossas escolhas: tudo ganha uma importância maior”.

Novidades de trabalho? “Não tenho nada pra contar. Gosto de falar só quando as coisas estão sacramentadas…’Ah, tenho uns projetos…’ Não digo isso nunca. Estou bem, curtindo um ano necessário, que precisava tomar pra mim”, finalizou a atriz, de férias da Globo desde o fim de “Velho Chico”. (por Michelle Licory)