Bruna Linzmeyer fala sobre namorada e bissexualidade: “Todo mundo é”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
Bruna Linzmeyer || Créditos: Juliana Rezende

Bruna Linzmeyer pode não ter posado ao lado da namorada, Priscila Visman, essa segunda-feira na première de “O Filme da Minha Vida”, mas nada proposital. Foi só por conta da dinâmica de tapete vermelho, foto no backdrop, apresentar de sala em sala do cinema do shopping carioca Rio Sul um pouco da história do filme assinado por Selton Mello… Trabalho, né? “Ela está aqui”, garantiu Bruna, quando engatamos nosso papo. Vem ler tudo aqui embaixo! (por Michelle Licory)

“Não importa qual a moral instaurada”

Sobre o longa, que também tem Vincent Cassel e Johnny Massaro no elenco: “Eu vi na tela tudo o que a gente viveu fazendo o filme. De fato esse carinho todo, essa poesia existe em todos os takes: uma equipe da vida. Foi um cotidiano de muito amor. E isso está ali para além do roteiro lindo, dessas personagens todas, está entranhado na estrutura do longa. Me reconectei com tudo o que a gente sentiu nas filmagens. Vi que, uau, o que a gente viveu e sentiu, conseguiu colocar forma: está tudo lá. A mensagem é de perdão e de que não importa qual a moral instaurada, e sim a sua ética. Mas além disso, o filme traz sensações e muitas memórias, uma lembrança da infância, da doçura. Uma doçura que permanece até quando a gente sai da sala. Pelo menos foi assim comigo e é isso que estou ouvindo das pessoas”.

“Enfrentando um preconceito juntos”

Sobre ter assumido publicamente pela primeira vez um romance gay, com Priscila… “Para as pessoas que importam, está tudo certo”. Isso com certeza. A moça já foi apresentada para os pais de Bruna e Michel Melamed, ex da atriz, além de comentar as fotos de Priscila no Instagram de Bruna com corações, também estava presente na pré-estreia, de mãos dadas com a nova namorada, Letícia Colin. E se houve algum tipo de julgamento nas redes sociais no início, também veio muito apoio pela coragem de uma estrela da Globo tratar tudo com naturalidade. “Eu não espero que pensem nada da minha vida pessoal, mas fico muito feliz por a gente estar enfrentando um preconceito que existia e ainda existe juntos, que a gente está se abrindo pra isso”.

“Apaixonada por uma pessoa, não importa o gênero”

Bruna não gosta de rótulos. “Eu sou apaixonada pela Priscila, por uma pessoa, não importa o gênero que ela tem. E aos poucos a gente está percebendo que todo mundo é um pouco assim e pode ser assim. Não senti muita resistência”. Foi tudo maravilhoso? “Sim…”, resumiu a atriz, com sorriso no rosto. Para usar uma palavra que virou clichê, bem “plena”.

Priscila Visman || Créditos: Reprodução/ Instagram