03.12.2018  /  10:08

Briga judicial entre Drake e influencer que o acusava de estupro termina em acordo vantajoso para o rapper

Drake e a modelo Layla Lace || Créditos: Getty Images/Reprodução

A batalha entre Drake e a influencer digital que o acusava de abuso sexual terminou com vantagem para o rapper. Em abril de 2017, Layla Lace veio a público para revelar um suposto estupro que sofreu do intérprete de “God’s Plan”, que teria inclusive resultado em uma gravidez. No caso do crime, tudo teria acontecido depois de um show que Drake fez em Manchester, na Inglaterra, quando viajava em turnê pelo país meses antes.

A versão dele, no entanto, é outra. Como decidiu processar Lace em setembro, o músico contou ao juiz responsável pelo imbróglio que a modelo decidiu buscar vingança depois de ter sido expulsa por seguranças dos bastidores de uma das apresentações que ele fez por lá e por ter sido ignorada nas inúmeras tentativas que fez para contatá-lo. Há indícios de que Lace também tentou chantagear o astro do hip hop, lhe pedindo milhões de dólares em troca de seu silêncio.

Em razão da falta de provas, Drake foi inocentado da acusação no fim da semana passada, e por causa disso decidiu retirar as acusações que fez contra a estrela do Instagram na justiça, de extorsão civil, sofrimento emocional, fraude, difamação e abuso de processo, em troca de um pedido de desculpas público que deverá ser formalizado nos próximos dias. (Por Anderson Antunes)