15.09.2017  /  12:29

Bolsa recém-lançada pelas irmãs Kendall e Kylie Jenner é alvo de protestos. Entenda!

Kendall e Kylie Jenner, e a bolsa polêmica || Créditos: Getty Images/Reprodução

A linha de roupas e acessórios assinada por Kendall e Kylie Jenner, a Kendall + Kylie, está sob fogo cruzado de novo. Desta vez o motivo da discórdia é uma bolsa de couro que as sisters lançaram recentemente e é inspirada naquelas caixinhas de papel comuns nos restaurantes chineses que vendem comida pra viagem, e inclui ilustrações em vermelho – a cor da bandeira da China – e um tigre ao lado do número 3, considerados, respectivamente, símbolos de beleza e sorte pelos chineses.

Vendida em edição limitada somente nas lojas da Saks Fifth Avenue, a bolsa se tornou alvo de críticas porque, para alguns, reforça a imagem cheia de clichês básicos que os americanos associam com os chineses ou pessoas de origem asiática. Além disso, vários fashionistas encontraram semelhanças entre o novo produto das Jenners e uma “it” bolsa de mão que fez parte de uma coleção da Kate Spade de 2014.

Em junho, Kendall e Kylie também deram o que falar por causa de uma linha de camisetas vintage que lançaram e que continha estampas que combinavam os rostos delas com imagens digitalizadas dos ícones do rap Notorious B.I.G. e Tupac Shakur, ambos mortos de maneira trágica. Na ocasião, elas reconheceram o erro e decidiram suspender as vendas das camisetas. (Por Anderson Antunes)