14.01.2016  /  18:23

Bolsa Birkin está valendo mais que ouro. Literalmente… Entenda!

A próxima vez que você tiver que investir, não pense em ouro: Compre um Birkin.
Jane Birkin pode não gostar, mas a bolsa que leva seu sobrenome está valendo mais que ouro ||Créditos: Getty Images

A despeito da disputa entre a inglesa Jane Birkin e Hermès – após uma denúncia, ela pediu para que fosse dado um novo nome a Birkin Croco até que seja comprovado que as práticas de produção correspondam às normas internacionais -, a icônica bolsa foi avaliada como um dos investimentos mais rentáveis dos últimos 35 anos. Segundo um estudo realizado pelo site Baghunter, desde que foi criada, a bolsa teve uma valorização de mais de 500 por cento, se mantendo como um dos itens mais exclusivos e desejados do mercado de luxo mundial.

O estudo comparou, durante esse período, três tipos diferentes de investimentos populares: o S&P 500, o ouro e a Hermès Birkin. O S&P 500 retornou uma media de 11%, o ouro cerca de 1,9%, enquanto a Birkin bateu os 14%. Vale ressaltar que em 2015 o mercado de bolsas foi o maior capitalizador de mercado, com marcas de luxo como Chanel, Burberry e Michael Kors. No entanto, nenhuma delas registrou um aumento tão significativo quanto o item-desejo da Hermès. A dificuldade de compra combinada à pequena quantidade de peças fabricadas (a lista de espera pode durar seis anos!) são as principais razões. No ano passado, em uma venda-recorde uma Birkin de crocodilo rosa foi arrematada por nada menos que US$ 223 mil (R$891 mil)! Além de um símbolo de status para a elite da moda, um ótimo investimento.