31.05.2016  /  17:35

Bolsa Birkin é arrematada por US$ 300 mil em leilão e quebra recorde

BirkinChristie-nota
Bolsa Birkin produzida com um tipo raro de couro de crocodilo do rio Nilo || Créditos: Divulgação

Uma bolsa da grife francesa Hermès, do modelo Birkin, foi vendida em leilão nesta segunda-feira, pela Christie’s de Hong Kong, por US$ 300 mil (R$ 1,08 milhão). O valor é o mais alto já pago por uma bolsa de grife na história, e também ficou bem acima do preço do acessório estimado pela casa de leilões, entre US$ 194 mil (R$ 700,5 mil) e US$ 259 mil (R$ 935,2 mil). O nome do comprador – ou seria compradora? – não foi divulgado.

A Birkin leiloada foi produzida com um tipo raro de couro de crocodilo do rio Nilo, e é adornada com ouro branco e diamantes. Vale lembrar que no início do ano um estudo feito pelo site Baghunter revelou que a icônica Birkin também se tornou um dos mais rentáveis investimentos desde sua criação, há 35 anos, com uma valorização de mais de 500% durante o período.

Em tempo: o recorde anterior de bolsa mais cara já vendida também era de uma Birkin, no caso do modelo Himalaya, vendida em leilão no ano passado por US$ 223 mil (R$ 805,2 mil). (Por Anderson Antunes)