27.08.2020  /  12:19

Bistrô americano frequentado por celebs é punido com suspensão do direito de vender álcool. O motivo?

A fachada do 75 Main, frequentado por Paris Hilton e Joe Biden || Créditos: Reprodução

Mais uma vítima da Covid-19 no estado de Nova York: ponto de encontro favorito dos ricos e famosos para aquele “happy hour” caprichado, o bistrô 75 Main, que fica em Southampton, perdeu sua licença para vender bebidas alcoólicas nessa semana em razão de ter desrespeitado certas regras da quarentena que ainda imperam no destino de verão mais famoso do litoral nova-iorquino, onde se vive um espécie de “realidade paralela” desde o começo da pandemia do século.

Ao que parece, os donos do estabelecimento permitiram que seus clientes usassem seu espaço no último sábado sem estarem devidamente protegidos com máscaras, e até mesmo alguns de seus garçons aparentemente esqueceram de colocar o acessório mais indispensável da temporada enquanto atendiam os frequentadores – muitos, diga-se de passagem – que baixaram lá na ocasião.

Pior que isso, foi confirmado mais tarde que um jovem de 18 anos conseguiu comprar uns dois ou três drinks no 75 Main no fim de semana passado, lembrando que a idade legal para consumir álcool nos Estados Unidos é de 21 anos pra cima. Frequentado por gente como Ivana Trump, Paris Hilton e até pelo candidato à presidência democrata Joe Biden, o hotspot já trabalha para se livrar da punição ou ao menos abrandá-la um pouco o quanto antes possível. (Por Anderson Antunes)