16.05.2018  /  9:00

Bill Gates revela que chegou a ter bitcoins e as vendeu na alta do fim do ano passado

Bill Gates || Créditos: Getty Images

Bill Gates revelou durante uma entrevista que deu outro dia ao programa “Squawk Box”, que há alguns anos ganhou de presente de aniversário uma quantidade razoável de bitcoins de um amigo do mundo corporativo. Um dos maiores críticos das criptomoedas – recentemente, o cofundador da Microsoft disse que apostaria contra elas se pudesse -, ele manteve o investimento por pouco tempo e liquidou de vez no fim de 2017, quando a unidade de bitcoin atingiu o recorde de US$ 19 mil (R$ 69,5 mil).

Para o empresário, o maior problema das moedas digitais é o fato de que estas não podem ser consideradas como um ativo comum. “Você na verdade não está produzindo nada e apenas torce para que o próximo investidor pague mais do que o anterior e assim por diante”, explicou. “É tipo uma grande ‘teoria do mais tolo’ que surgiu e está tendo sua fase no mundo dos investimentos”. Aliás, o banqueiro americano Jamie Dimon, CEO do JPMorgan Chase, tem opinião parecida

Já a tecnologia por trás das bitcoins, conhecida como “blockchain”, é algo que interessa muito a Gates. Em 2015, ele doou US$ 10 mil (R$ 36,6 mil) por meio da Bill & Melinda Gates Foundation para uma start-up que tenta aperfeiçoar o modelo virtual de pagamentos a fim de facilitar a distribuição de dinheiro para as populações mais pobres de certos lugares do mundo. (Por Anderson Antunes)