17.01.2021  /  9:00

Bilionário que apoiou Trump desde 2016 afirma em entrevista se sentir ‘traído’ pelo presidente

Ken Langone
Ken Langone || Créditos: Reprodução

Republicano de carteirinha e até recentemente um dos mais ricos apoiadores de Donald Trump, o bilionário americano Ken Langone afirmou em uma entrevista que deu para a rede americana de televisão “CNBC” nessa quinta-feira que se sentiu “traído” pelo presidente dos Estados Unidos depois que ficou claro o papel que o político exerceu na invasão ao Capitólio, no último dia 6.

Cofundador da gigante varejista Home Depot e dono de uma fortuna estimada em US$ 4,9 bilhões (R$ 25,9 bilhões), Langone doou milhões de dólares para o Partido Republicano desde a primeira disputa de Trump pela Casa Branca, em 2016, e na última presenteou a legenda com um cheque de US$ 1 milhão (R$ 5,3 milhões).

“O que aconteceu em Washington [no dia 6] foi uma desgraça”, Langone, de 85 anos, disse no bate papo. “É uma tragédia que jamais deveria ter acontecido nesse país, e que se não partiu o coração dos americanos, é porque algo está errado. Partiu o meu, com certeza, não apoio esse tipo de coisa”, ele completou.

E mesmo apesar de ser um republicano, Langone declarou que torce pelo futuro governo do presidente-eleito dos EUA Joe Biden e ainda espera que o democrata se torne o melhor presidente de toda a história americana. “Eu vou fazer o possível para apoiá-lo. Se ele entregar bons resultados, todos nós sairemos ganhando”, concluiu o membro do clube dos dez dígitos. (Por Anderson Antunes)