05.05.2020  /  11:15

Bilionário chinês que fabrica respiradores hospitalares ganhou US$ 1 bi por mês desde janeiro

Li Xiting || Créditos: Reprodução

Imune à crise que desfez várias grandes fortunas mundo afora nesse ano atípico, Li Xiting é um caso notável. Homem mais rico de Singapura, ele viu seu patrimônio crescer em média um bilhão de dólares por mês de janeiro pra cá, para os atuais US$ 12,6 bilhões (R$ 69,6 bilhões). Xiting, de 69 anos, é o fundador da Mindray Medical International, uma das maiores fabricantes de equipamentos eletrônicos médicos do planeta, que tem ações negociadas na Bolsa de Valores de Shenzhen, na China.

A empresa viu seu valor de mercado saltar mais de 83% no último ano, chegando a US$ 43,6 bilhões (R$ 241 bilhões), e principalmente depois do estouro da pandemia de Covid-19. Não por acaso, seus principais produtos são os respiradores hospitalares que, devido ao aumento contínuo de casos do novo coronavírus em tudo que é lugar, andam mais escassos do que nunca. Só a Itália fez um pedido recente de 10 mil unidades do item, coisa de centenas de milhões de dólares.

Em tempo: diante de tanta bonança em tempos sombrios, Xiting também fez sua parte e doou US$ 4,6 milhões (R$ 25,4 milhões) em produtos da Mindray para várias regiões da China e da Itália que foram fortemente afetadas pela doença. (Por Anderson Antunes)