13.09.2020  /  9:00

Bilionário americano Ronald Perelman vai leiloar mais quadros de sua coleção pessoal

Ronald Perelman || Créditos: Reprodução

Depois de colocar à venda, no fim de julho, alguns dos quadros raríssimos que tem em sua coleção pessoal, o bilionário americano Ronald Perelman decidiu se desfazer de outras obras de arte. Semanas atrás, o investidor que está entre os maiores de Wall Street fechou um acordo com a Sotheby’s para leiloar uma tela de Joan Miró e outra de Henti Matisse, juntas e com um lance inicial combinado de US$ 53,3 milhões (R$ 281,8 milhões). As peças acabaram sendo arrematadas por bem mais que isso, o que aparentemente o deixou empolgado para vender outras das que possui no martelo, algumas com assinaturas de artistas famosos como Jeff Koons, Mark Rothko, Andy Warhol e Pablo Picasso.

O motivo por trás do downsizing tem a ver com o novo estilo de vida que Perelman, de 77 anos e dono de uma fortuna estimada em US$ 6,2 bilhões (R$ 32,8 bilhões) que construiu comprando fatias de empresas de diversos setores quando estas passavam por dificuldades, escolheu para si. Atualmente em seu quinto casamento – o quarto foi com a atriz Ellen Barkin e durou entre 2000 e 2006 – ele quer diminuir seus bens materiais a fim de preparar a herança e também para ter mais tempo para curtir com sua atual mulher, a psiquiatra Anna Chapman, com quem teve dois de seus sete filhos. (Por Anderson Antunes)