26.03.2021  /  10:26

Bff de Whitney Houston, Rosie O’Donnell fala sobre suposta homossexualidade da cantora: “Era um conflito para ela”

Rosie O'Donnell e Whitney Houston
Rosie O’Donnell e Whitney Houston || Créditos: Reprodução

Considerada uma das melhores amigas famosas de Whitney Houston, que morreu em 2012 depois de sofrer uma overdose acidental, Rosie O’Donnell falou sobre uma suposta batalha pessoal que a cantora travava contra a própria sexualidade em uma entrevista que deu na última segunda-feira nos Estados Unidos.

Convidada especial do podcast da Apple “Hot Takes & Deep Dives”, apresentado por Jess Rothschild e dedicado a temas do universo LGBTQ+, a apresentadora e comediante sugeriu que Houston era gay e tinha muita dificuldade para abordar isso com naturalidade, em razão de sua forte religiosidade.

“A Whitney começou a carreira cantando em igrejas batistas, sua família toda era evangélica”, O’Donnell contou no bate papo. “Isso criava um grande conflito para ela, sem falar que dentro da própria cultura negra a homossexualidade ainda é um tabu”, continuou a estrela da TV de 59 anos.

O’Donnell também confirmou ter conhecido Robyn Crawford, a ex-assistente pessoal que durante anos foi apontada como namorada da intérprete de “I Will Always Love You”. Crawford contou detalhes do suposto romance em um livro que lançou em 2019, “A Song for You: My Life With Whitney Houston”.

“Sempre esteve claro pra todos que a Robyn era a ‘parceira’ da Whitney”, relembrou O’Donnell. Por fim, a host do extinto talk-show “Rosie”, que é assumidamente gay, revelou também um chá de cadeira que levou da popstar em 1997, quando a convidou para participar de seu programa e acabou levando um bolo dela.

“A Whitney se atrasou muito naquele dia, e logo que entendi que algo de ruim estava acontecendo”, disse O’Donnell, que afirmou ter dado uma bronca na equipe de Houston por causa do episódio. “Eu gritei pra eles, ‘se continuar assim ela vai morrer e vocês serão os culpados!'”. (Por Anderson Antunes)