26.10.2018  /  10:15

Beyoncé e Jay Z venderam quase R$ 1 bi em ingressos em quatro meses de “On the Run II”

Jay Z e Beyoncé Knowles || Créditos: Getty Images

Encerrada no começo desse mês, a segunda turnê em conjunto de Beyoncé e Jay Z faturou nada menos que US$ 253,5 milhões (R$ 938,7 milhões) com a venda de ingressos. A soma é de cair o queixo em vários aspectos, mas principalmente porque a última aventura nas estradas do casal número um da música durou menos de quatro meses.

Ao longo do período, Bey e Jay se apresentaram apenas em grandes estádios dos Estados Unidos e da Europa, já que as margens de lucro no caso de shows de grande porte são mais atrativas. Só para ter uma ideia, o pivô de duas noites que eles deram no Mercedes-Benz Stadium de Atlanta rendeu mais de US$ 14,1 milhões (R$ 52,2 milhões) em bilheteria.

Batizada “On the Run II”, a turnê co-estrelada pela dupla foi uma continuação da “On the Run”, de 2014, que registrou um faturamento de US$ 109,6 milhões (R$ 405,8 milhões). O público total da primeira chegou a 980 mil pagantes em 21 apresentações, enquanto a segunda teve quase 2,2 milhões de pagantes em 48 apresentações.

Descontados os impostos e os custos de produção gigantescos – a intérprete de “Single Ladies” e seu marido rapper não saem de casa se não for pra arrasar – a parte que vai direto pro bolso deles deverá ficar em torno de US$ 120 milhões (R$ 444,4 milhões). Nada mal para quem resolveu trabalhar lado a lado mais para resolver uma pequena crise conjugal do que para ganhar dinheiro, não é mesmo? (Por Anderson Antunes)