03.11.2019  /  9:00

Belo Horizonte conquista título de ‘Cidade Criativa’ da Unesco por sua gastronomia

A cidade começou a se preparar para concorrer ao título de Cidade Criativa em abril de 2018 / Crédito: Divulgação

Feijão tropeiro, torresmo, frango com quiabo, tutu à mineira e claro o pão de queijo… Essas e outras delícias mineiras levaram Belo Horizonte a ser considerada oficialmente uma “Cidade Criativa da UNESCO” por sua gastronomia.  Assim, a capital mineira passa a integrar o grupo internacional de cooperação entre cidades que têm atividades criativas como propulsoras do desenvolvimento sustentável. O resultado foi revelado na última quarta-feira no site da instituição. O trabalho para chegar ao prêmio começou em abril de 2018 e nesse tempo foram realizados três encontros para mobilização da cadeia produtiva da gastronomia e construção do dossiê. Belo resultado.