09.02.2020  /  9:00

Bell Marques celebra “Carnaval em cada esquina” e anuncia cruzeiro para 2021 depois de fechar agenda deste ano

    Bell Marques é do Brasil || Créditos: Reprodução

São 40 anos de carreira e Bell Marques segue em alta. A agenda do artista em 2020 está praticamente fechada e, prestes a bater seu recorde de shows durante Carnaval – serão mais de 10 apresentações em seis dias de folia – ele já tem planos para 2021: o cruzeiro “Vumbora Pro Mar”, em março de 2021, que vai navegar pela costa brasileira com a participação de artistas como Durval Lellys e Saulo Fernandes.

Um dos principais representantes do Carnaval baiano, Bell é uma das principais atrações da festa em São Paulo, que este ano receberá mais turistas do que o Rio de Janeiro e Salvador, até então os principais destinos dessa época do ano. E Bell não lamenta o fato: “Acho essa disputa saudável. Acho mesmo que, como Moraes Moreira canta, temos que ser “o Carnaval em cada esquina”. Glamurama bateu um papo com o cantor antes dele subir no trio e fazer todo mundo tirar o pé do chão. Vem ver! (por Fernanda Grilo)

Glamurama: São Paulo ultrapassou as demais cidades e promete ser o maior Carnaval de 2020. Você estará aqui mais uma vez, como vê esse fenômeno paulistano?

Bell Marques: Vejo de forma muito positiva. O Carnaval, você goste ou não, é um grande estimulador da economia em diversas áreas e tem que ser valorizado e cuidado. Acho que essa disputa saudável para ver quem faz o maior Carnaval só vem a valorizar ainda mais a festa. Fazer parte dela, seja em Salvador, no Rio ou em São Paulo será sempre um prazer pra mim. Acho mesmo que, como Moraes canta, temos que ser “o Carnaval em cada esquina”.

*O Trio Vumbora, de Bell Marques, se apresenta em SP no dia 29/02, a partir das 13h, com concentração no Ibirapuera.

Glamurama: O público do carnaval de Salvador mudou ao longo dos anos, mas os seguidores do Bell Marques, principalmente no trio Camaleão, ainda são fiéis e de antigamente. Como você vê essa questão?

Bell Marques: Quando a gente constrói uma história verdadeira com o seguidor e ele já sabe o que esperar do seu show, cria-se naturalmente uma confiança. O folião sabe o que esperar do Camaleão, da minha apresentação, o que também aumenta minha responsabilidade com ele. Você ser responsável pela diversão de quem viaja de longe e investe naquele momento não é uma tarefa fácil, mas é muito gratificante quando você cumpre sua função ali, de levar alegria a pessoas do Brasil todo.

Glamurama: Como surgiu a música “Portabilidade” e porque ela foi escolhida para ser o hit do seu Carnaval?

Bell Marques: Beto Garrido e Alexandre Peixe são compositores de grandes sucessos da minha carreira, como “100% Você” e “Não Vou Chorar”. Tinha bastante tempo que não colaborávamos e quando chegou essa, eu curti. Achei a letra bacana, leve, atual e ao mesmo tempo acho que conseguimos dar uma melodia que traz um quê de antigos carnavais.

Glamurama: Qual a maior “portabilidade” que já aconteceu na sua vida? E como foi isso?

Bell Marques: Eu sou casado com a mesma mulher há 40 anos e muito feliz, por sorte, mas existem muitos amores na vida de uma pessoa. Talvez o Chiclete com Banana, se a gente puder fazer essa brincadeira, tenha sido essa grande “portabilidade” na minha vida. É um amor do passado, que sempre me trará boas lembranças, mas que eu precisava superar em busca da minha felicidade e da realização de projetos que não seriam possíveis com a banda.

Glamurama: Quais música do seu repertório não podem faltar nos blocos? E pra você, qual a música mais importante da Bahia?

Bell Marques: Caramba, são muitas! O repertório é muito grande. A sorte é que o Carnaval de Salvador tem seis dias e a gente vai tentando agradar o folião dia por dia. (rsrsr) Eu não diria que é a mais importante da Bahia, porque é difícil escolher uma para ocupar essa posição, mas uma música que me marcou muito foi “Eu Sou O Carnaval”, interpretada por Moraes Moreira. Ele sempre foi uma referência para mim e era quem copiava quando comecei. Todo mundo escolhe alguém como espelho, né? Ele era o meu, sempre um grande ídolo.

Glamurama: Quais os demais projetos para 2020?

Bell Marques: Na verdade, meu próximo grande projeto é o cruzeiro “Vumbora Pro Mar”, em março de 2021. Minha agenda de 2020 está quase toda fechada já, 2019 foi muito positivo e me trouxe bons contratos para esse ano, o que me dá espaço para me dedicar a mais um projeto inovador. Serão três dias de festa em alto mar, com vários outros artistas baianos, um Carnaval bem especial, que vocês vão saber de tudo aos poucos.

A agenda de Carnaval de Bell Marques: 

20/2 – Trio sem Cordas (Governo do Estado da Bahia)
21/2 – Bloco Vumbora + Show em Barreiras (BA)
22/2 – Bloco Vumbora + Camarote Salvador
23/2 – Bloco Camaleão
24/2 – Bloco Camaleão + Camarote do Nana
25/2 – Bloco Camaleão + Camarote Parador Recife (PE)
27/2 – Porto Seguro (BA)
28/2 – Camarote Allegria (RJ)
29/2 – Bloco Na Rua (SP) e Hípica (RJ)