12.02.2010  /  13:15

Bloco do pernambucano Lenine, lembrou, por meio de suas paródias, fatos marcantes da política e do pop.

Como era de se esperar, o já tradicional show do Quanta Ladeira, bloco do pernambucano Lenine, lembrou nesta quinta-feira, por meio de suas paródias, fatos marcantes da política e do pop. A recente prisão do governador Arruda e a morte de Michael Jackson se transformaram em piada nas vozes de Lenine, Pedro Luís, Fafá de Belém, Alceu Valença, Luiza Possi e outros convidados. Mas as campeãs de audiência foram mesmo as paródias que citaram os presidenciáveis Dilma Rousseff e José Serra.

* Em tempo: o bloco cresceu tanto de público nesta edição que logo no início da apresentação já não havia mais bebidas, nem água, à venda nos bares montados no espaço. Os organizadores tiveram de recorrer aos camelôs…