03.05.2021  /  12:07

Batalha jurídica entre a Epic Games e a Apple começa nesta segunda e promete briga por mercado milionário dos aplicativos móveis

Apple X Epic Game: quem vence esse jogo? || Créditos: Reprodução

O mundo da tecnologia está concentrado no processo entre a Epic Games e a Apple, que começa nesta segunda-feira e promete briga das boas por ser um dos mais importantes na história da empresa fundada por Steve Jobs. Segundo especialistas, a batalha nos tribunais pode influenciar o crescente mercado de aplicativos mobile, que nos três primeiros meses de 2021, movimentou US$ 32 bilhões (R$173 bilhões) no mundo por meio de aplicativos, o maior já registrado em um único trimestre.

O motivo da briga entre as gigantes de tecnologia que foi parar nos tribunais começou em agosto de 2020 quando a Apple retirou o jogo Fortnite – um dos  mais populares do mundo – da App Store, alegando que o produto violava as políticas da Apple (IOS) por ter um sistema de pagamento próprio dentro do jogo. Inconformada, a Epic Games, criadora do jogo, decidiu se defender na justiça. Isso porque a Apple cobra uma taxa de 30% sobre todas as transações dentro da sua loja de aplicativos, valor considerado bem alto pelos desenvolvedores.

Se a Apple perder o caso, com certeza uma avalanche de outros processos vão surgir usando esse precedente, mas se a empresa que hoje é comandada por Tim Cook levar a melhor, esse será o fim dessa preocupação para eles.