28.10.2018  /  9:00

“Barbie democrática” fez vendas da boneca mais famosa do mundo dispararem no terceiro trimestre

A Barbia em suas várias novas versões || Créditos: Getty Images

A Barbie, quem diria, salvou a Mattel de um terceiro trimestre mediano. Isso porque as vendas da boneca mais famosa do mundo aumentaram mais de 14% na América do Norte entre julho e setembro deste ano, um crescimento que surpreendeu até mesmo os executivos da fabricante de brinquedos americana, que lançou a Barbie há anos e já teve dias melhores.

Mais animador ainda é que Barbie parece ter voltado a figurar entre as favoritas das crianças justamente depois do lançamento de uma nova coleção com versões diferentes dela em todos os tipos de cores e tamanhos, em março, pensada para cativar as pequenas e os pequenos que não se sentiam representados pela icônica boneca.

E a Mattel já tem novos planos para seu carro-chefe: a empresa acaba de criar sua própria produtora de filmes, e a prioridade desde já é lançar um longa inspirado em Barbie, Ken e companhia. Se tiver a mesma sorte dos filmes sobre o concorrente Lego, tem tudo para ser um sucesso. (Por Anderson Antunes)