19.08.2014  /  12:14

Banheira de glamurette: Sig Bergamin, Patrícia Cavalcanti e Raquel Silveira mostram as suas

Que delícia chegar em casa depois de um dia estressante e tomar aquele banho de banheira. Melhor ainda se ele for perfumado ou com uma iluminação especial, com uma musiquinha relaxante de fundo. O banho de banheira é usado desde a antiguidade para fins terapêuticos e relaxantes. Nada mudou: essa prática é unanimidade quando o assunto é recarregar as energias, além de ser usada na hidroterapia, fitoterapia e cromoterapia. Por isso, Glamurama foi atrás de 3 glamurettes que resolveram abrir os seus banheiros e mostrar o pedacinho mais relaxante da casa para nós, tudo com exclusividade. Mergulhe!

Patrícia Cavalcanti

Num banheiro clean e iluminado, projetado pelo arquiteto Ugo di Pace, Patrícia tem uma banheira com hidromassagem com vista para o jardim de sua casa, no Morumbi. Ela tem uma coleção de xampus dos hotéis que frequenta pelo mundo, e um dos que ela mais gosta é o do hotel La Mamounia, no Marrocos, que inclusive, é de lá os seus sais de banho favoritos. Outra coleção que ela adora é das perfumeiras coloridas, também do Marrocos. Momento favorito? “Gosto de ler na banheira, é um momento pessoal, só meu. Como meu banheiro é separado do meu marido, me dá toda privacidade que eu preciso”.

Sig Bergamin

Projetado pelo próprio Sig, o banheiro do arquiteto tem um carro-chefe que chama atenção: a banheira em estilo retrô super charmosa, que tem vista para o jardim de sua casa, no Jardim América. Rodeada de produtos especiais, como sais de banho trazidos dos hotéis em que ele anda pelo mundo, outros de seus favoritos incluem óleo de banho da Tânia Bulhões e produtinhos especiais para fazer espuma. O toque rústico fica por conta da cesta de vime cheia de toalhas bordadas com suas iniciais e para o momento spa, esponjas vegetais à vontade.

Raquel Silveira

No banheiro todo espelhado projetado pela própria Raquel Silveira, o que mais chama atenção é a banheira redonda gigante de hidromassagem. “Projetei essa banheira para ser quase um spa, caber mais de uma pessoa. Eu penso que quando tiver netos, quero que isso daqui vire uma bagunça!”, brinca a arquiteta. “Eu não uso com tanta frequência,  mais ou menos umas 4 vezes por mês. Mas quando estou muito cansada, vou para a banheira para relaxar, principalmente depois do treino. Para mim é melhor que massagem!”. Produto favorito? Sais de banho. (Por Maria Gabriela Lyra)