18.02.2010  /  14:30

Tina Fey é a mais nova defensora dos fashionistas.

Tina Fey é a mais nova defensora dos fashionistas. Glamurama explica: capa da edição de março da "Vogue" norte-americana, a comediante deu opinião sobre a ditadura da magreza que reina no mundo da moda. E, por incrível que pareça, ela não acha que os culpados sejam os editores de revistas. "Todo mundo reclama das revistas, mas, na verdade, nós somos o país mais gordo do mundo, o que significa que não estamos copiando o que vemos nas revistas", ela explicou.

* Já a opinião de Tina sobre a moda em geral é bastante interessante. Ela acredita que as mulheres se vestem para impressionar as outras mulheres, e não os homens. "Senão usaríamos apenas Victoria’s Secret. Não existiria Dior". Faz sentido, não?

Tina Fey, na capa da "Vogue" norte-americana: defendendo a turma da moda