19.12.2019  /  18:50

Ausência mais sentida na festa de noivado da princesa Beatrice foi a de Andrew, banido da Família Real

Beatrice e Edoardo Mapelli Mozzi // Reprodução

Assim que o noivado foi anunciado em setembro, tudo indicava que a princesa Beatrice e Edoardo Mapelli Mozzi teriam um pré-casamento discreto. Mas, eis que estourou o escândalo em torno do pai da noiva, o príncipe Andrew. Em um primeiro momento, a festa de noivado foi cancelada, afinal de contas, a família estava no olho do furacão. Baixada a poeira, Beatrice e Edoardo retomaram a ideia de um ‘get together’ de noivado. Foi o que rolou nessa quarta-feira. E a ausência mais sentida foi justamente a de Andrew.

Uma fonte disse ao ‘The Sun’ que o pai da noiva decidiu não comparecer para não gerar nenhum problema para a filha. “O plano era que ele comparecesse à festa com Fergie. Mas as coisas se tornaram muito tóxicas ”, disse a fonte. “Isso poderia colocá-los em uma posição difícil. As pessoas próximas a ele também temiam situações desconfortáveis”.

Beatrice e Edoardo chegaram juntos ao Chiltern Firehouse, restaurante instalado em um antigo quartel de bombeiros de Londres, para a comemoração. Várias celebs, na maior parte amigos da princesa, marcaram presença, entre elas, a cantora Ellie Goulding e seu  marido Caspar Jopling, o editor da Vogue britânica Edward Enninful, Ayda Field, James Blunt e Robert De Niro, além da irmã de Beatrice, a princesa Eugenie, e a mãe Sarah Ferguson, of course. A família de Kate Middleton também prestigiou o burburinho Real, mas a Duquesa de Cambridge em si não foi vista por lá.

Apesar de tudo, Andrew ainda planeja levar a filha até o altar no casamento, que deve acontecer em junho do ano que vem. Aguardem as cenas dos próximos capítulos!