28.07.2020  /  10:07

As 3 maiores ‘discípulas’ de Jackie O no dia em que a primeira-dama do estilo completaria 91 anos

Jacqueline Kennedy Onassis || Créditos: Reprodução

Jacqueline Kennedy Onassis foi primeira-dama dos Estados Unidos durante apenas dois anos e dez meses, entre a posse de seu então marido, o ex-presidente John Kennedy, em 20 de janeiro de 1961 até o assassinato dele, em 22 de novembro de 1963. Mas foi tempo suficiente para que ela se tornasse um dos maiores ícones de moda da história, principalmente entre outras mulheres de políticos que reconhecem a importância de um guarda-roupa perfeito na construção de uma imagem pública positiva.

Responsável por associar o governo de Kennedy à Camelot, a perfeita e por isso mesmo lendária corte do rei Artur, ela completaria 91 anos nesta terça-feira, e em sua memória Glamurama mostra agora as 3 primeiras-damas em exercício que mais se renderam ao estilo de ser de Jackie, que nos deixou há 26 anos. Confira!

Brigitte e Emmanuel Macron || Créditos: Reprodução

Brigitte Macron

A primeira-dama da França é creditada por inaugurar um novo visual no país desde a posse de seu marido, Emmanuel Macron, como presidente. Com looks mais modernos e apostas em peças pouco convencionais, ela encarna o lado mais ousado de Jackie, que também era dada a correr riscos em seus anos de poder. Não por acaso, o traje que Brigitte escolheu para entrar no Élysée Palace – um tailleur Louis Vuitton modernista na cor azul celeste – rendeu comparações entre ela e a lendária ex-primeira-dama americana.

Donald e Melania Trump || Créditos: Reprodução

Melania Trump

A mulher do presidente Donald Trump preza pela discrição, odeia estar sob os holofotes e raramente concede entrevistas. Mas, assim como Jackie, ela reconhece a importância da moda no mundo atual, e costuma enviar “recados” com as roupas que veste em público. Na posse de Trump no início do ano, por exemplo, Melania combinou vestido e casaco de cashmere da Ralph Lauren, a grife americana que representa o máximo do “American Dream”. A ex-modelo eslovena também veste com frequência peças de Karl Lagerfeld e da Dolce & Gabbana, duas marcas que se recusaram a aderir ao boicote promovido contra ela por alguns estilistas.

Justin e Sophie Trudeau com o caçula, Hadrien || Créditos: Reprodução

Sophie Trudeau

Embora o posto de primeira-dama não exista no Canadá, país de regime parlamentarista no qual o chefe de governo é o primeiro-ministro (no caso Justin Trudeau, marido de Sophie), ela é vista por boa parte dos canadenses como uma ocupante informal do cargo. Mãe de três filhos e bastante envolvida em campanhas de caridade, Sophie lembra a Jackie O que se dedicava quase que integralmente ao lar e seus moradores e que apostava em looks clássicos e quase angelicais até mesmo nos momentos mais informais, como os jeans e a camiseta com os quais vira e mexe aparece em cliques postados no Instagram por Trudeau e que faz o maior sucesso. (Por Anderson Antunes)