a

Artista carioca abre mostra sobre o mito de Eva e o feminino

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0

 

a
Pintura de Panmela Castro, que estará exposta da Galeria Scenarium || Crédito: Divulgação

Conhecida como Anarkia, a artista Panmela Castro, premiada diversas vezes no Brasil e no exterior, abre uma exposição inédita na Galeria Scenarium, na Lapa, no Rio, nesta quarta-feira. Com 14 obras em spray e óleo sobre tela, vai retratar o mito de Eva, o universo da mulher e suas transgressões. A exposição conta com ainda desenhos, aquarelas, fotos, vídeo e uma instalação que seguem a temática central do trabalho de Panmela, focado no gênero e no corpo feminino. A mostra segue até o dia 19 de agosto, com entrada gratuita. No dia da abertura, a artista fará um happening e convidará o público a interagir com sua obra.

*

À frente da Rede Nami, uma ONG que usa a arte como mecanismo em prol dos direitos das mulheres, Anarkia é nascida e criada na periferia carioca e, como quase todos os artistas urbanos, começou na pichação até descobrir os desenhos e a ganhar as galerias nacionais e internacionais. De lá pra cá, percorreu três continentes, dez países e várias cidades do mundo, como Praga, Washington, Paris, Istambul, Jerusalém e Nova York – onde só neste ano já expôs três vezes.

*

O personagem Eva e a maça já apareceram em diversos murais da grafiteira pela cidade. O ultimo deles deu a maior polêmica. Ela fez em cima do retrato do Moreira da Silva, já bem famoso na Lapa, que também era de sua autoria. Algumas pessoas não gostaram e jogaram tinta por cima. Ela agora está fazendo uma enquete para saber o que as pessoas preferem: manter como está, fazer uma nova pintura da Eva ou uma nova do Bezerra. A votação acontece no Facebook da exposição.

[galeria]3000621[/galeria]

Exposição “EVA” – Panmela Castro

Quando: de 8 de julho a 19 de agosto

Onde: Galeria Scenarium – rua do Lavradio, nº 15, Centro Antigo, Rio de Janeiro – De terça à sábado, das 13h às 19h.

Telefone: (21) 2252-9138

Entrada gratuita