Arthur Guerra sobre problemas cotidianos: “Há um limite saudável para tudo”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
?????
Arthur Guerra comandou o bate-papo do Encontro de Poder || Créditos: Andre Ligeiro

A Barbearia Corleone do Itaim Bibi, em São Paulo, recebeu nessa terça-feira mais uma edição do Encontro de Poder, bate-papo organizado pela Revista PODER e que dessa vez contou com a presença do psiquiatra Arthur Guerra. Ele, que é professor na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e na Faculdade de Medicina do ABC, discutiu um pouco sobre os problemas da vida moderna como a ansiedade e o estresse, que para ele fazem normalmente parte do cotidiano: “O estresse é inerente ao ser humano. Não dá para fugir dele. A questão é achar a melhor maneira de lidar”, destacou.

O esporte foi um dos tópicos principais. Guerra citou a importância de sua prática para o controle de doenças como a depressão. Entre os temas abordados também estavam alimentação, sono, relações familiar e profissional e equilíbrio. Sobre esse último, ele frisou como é um fator essencial para manter a vida nos eixos. “Há um limite saudável para tudo. Trabalhar, fazer exercícios, comer e ingerir bebidas alcoólicas. E cada um é responsável por saber quais são seus limites, e principalmente, a hora de parar”, disse.

No fim do bate-papo, quando foi aberta a sessão de perguntas, os convidados abordaram temas como o vício em drogas e álcool, principalmente em adolescentes, assuntos que foram esclarecidos por Guerra – especialista em tratamento de dependência química – em uma conversa sem mistérios. “Não concordo em introduzir bebidas para menores de idade. O cérebro está em formação ainda, e o álcool pode afetar bastante o processo”, declarou, frisando também que há uma predisposição para o desenvolvimento de vícios.