23.07.2014  /  18:44

Ariano Suassuna morre aos 87 anos, no Recife

Autor deixa clássicos como “Romance da Pedra do Reino” e “O Auto da Compadecida

O dramaturgo, romancista, ensaísta e poeta paraibano Ariano Suassuna morreu nesta quarta-feira, aos 87 anos. Ele estava internado no Real Hospital Português, no Recife, Pernambuco, após sofrer um sangramento intracraniano, provocado por um AVC hemorrágico.

Autor dos clássicos “Romance da Pedra do Reino” e “O Auto da Compadecida”, Suassuna foi secretário da Assessoria Especial do então governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e integrante da Academia Brasileira de Letras. Ele deixa seis filhos e 15 netos. Abaixo, as homenagens nas redes sociais.