30.07.2020  /  9:07

Aposentada do cinema desde 2018, Cameron Diaz se torna produtora de vinhos orgânicos

Cameron Diaz || Créditos: Reprodução

Cameron Diaz, que foi alçada à fama em “O Máscara” e já foi a atriz mais bem paga de Hollywood, encontrou uma nova carreira depois de anunciar ao mundo, em 2018, sua aposentadoria do cinema: a de produtora de vinho. Apaixonada pela bebida desde sempre, a eterna estrela de “Quem Vai Ficar Com Mary?” se associou à amiga Katherine Power, cofundadora da marca de moda Clique Brands, para criar uma vinícola que utiliza apenas uvas orgânicas e livres de pesticidas entre seus ingredientes.

Batizada Avaline, a nova empresa já lançou seus primeiros produtos – um rosé e um branco que classifica como “naturais” – e tem recebido boas avaliações de especialistas. O momento, aliás, é ótimo para o negócio, já que a venda de vinhos e derivados nos Estados Unidos aumentou durante a pandemia, sem falar que o país é um dos maiores mercados mundiais de vinho, com receitas totais anuais na casa dos US$ 70 bilhões (R$ 362 bilhões).

Já ex-atriz, que está com 47 anos, não era vista na telona desde 2014, quando fez uma ponta na comédia musical “Annie”. Estrelado por Jamie Foxx, o longa até fez bonito nas bilheterias, mas foi duramente criticado pela mídia especializada. Ainda assim, Diaz continua firme e forte na lista das atrizes com mais dólares arrecadados com a venda de ingressos atrelados ao seus nomes: só os dela arrecadaram mais de US$ 7 bilhões (R$ 36,2 bilhões) nas bilheterias internacionais. (Por Anderson Antunes)

As sócias da Avaline Katherine Power e Cameron Diaz || Créditos: Reprodução