10.02.2021  /  17:18

Após perder celular no mar, Manu Gavassi passa por detox de redes sociais e diz que mudou: “Precisamos desesperadamente de um respiro”

Manu Gavassi volta para a internet após momento hippie / Crédito: Instagram

No dia 4 de janeiro, em pleno aniversário,  Manu Gavassi perdeu uma de suas ferramentas de trabalho mais importantes: o celular. Ela estava numa ilha em Angra dos Reis com Bruna Marquezine, Rafa Kaliman e Thelminha quando deixou o aparelho cair no mar. Passado o momento de desespero, a atriz e cantora enxergou no incidente um sinal do destino para fazer um detox de redes sociais.

Nesta semana, Manu decidiu compartilhar a experiência e inspirar seus seguidores, falando sobre como precisamos de um respiro desse mundo virtual: “Voltei da minha temporada hippie. Meu celular caiu no mar no dia do meu aniversário e entendi como um presente dos céus. Fiquei um mês (maravilhoso, diga-se de passagem) e alguns dias sem celular, me comunicando com o mundo por e-mail (E funciona muito bem, viu? Só era chato pedir delivery…) e descobri que precisamos desesperadamente de um respiro. É óbvio que não posso e nem quero viver em outro mundo, ignorando ferramentas que nos ajudam a espalhar nossa mensagem e receber amor de tanta gente especial. Mas sinto que precisamos encontrar um equilíbrio dessa vida cheia de “interferências” de informações o tempo inteiro”, desabafou ela.

A ex-BBB também questionou o tempo que passamos nas redes sociais: “O nosso trabalho (que depende muito da criatividade no meu caso) não é o mesmo com tanta interferência 24h por dia, nossas referências de aparência e autoestima também não… Nossa capacidade de esperar e respirar antes de reagir a algo também não. Nossa capacidade de dedicar tempo a atividades que amamos também não. Nossas relações, muitas vezes rasas pelo tão fácil acesso, também não. Sem falar que usamos a capacidade quase total do nosso amado cérebro pra armazenar coisas tipo fofocas de pessoas que nem conhecemos, o que é até legal de vez em quando considerando que fofocar nos diferencia dos outros animais (de acordo com um terço de “Sapiens” que li) mas será que nessa intensidade?”.

Manu ainda revela que mudou: “Esse post é pra falar que volto, mas volto diferente. Mais tranquila, com outra consciência e encontrando outra maneira de usar isso aqui sem me tornar refém. Minha comunicação por e-mail segue firme e forte. E se você estiver precisando desse tempinho, te incentivo à experimentar e ver como nossas ideias mudam, o dia ganha mais horas, tudo fica mais verdadeiro e como fica bem claro o que é de fato essencial. Obrigada por me respeitarem sempre, em todas as minhas fases. Sou muito feliz com a nossa troca. Com muito amor, Manu (agora não tão mais hippie)”. Fica a dica!