18.12.2019  /  11:41

Apesar das polêmicas nas quais está envolvido, príncipe Andrew marca presença em festa de Natal dos Windsors

Elizabeth II e Andrew: apesar dos pesares, ele ainda é tido como o filho favorito da monarca || Créditos: Reprodução

Apesar de ter sido “demitido” da família real pela própria mãe, a rainha Elizabeth II, o encrencado príncipe Andrew marcou presença na festa de Natal dos Windsors que rolou na última segunda-feira no Palácio de Buckingham, a residência oficial da monarca em Londres. A comemoração é apenas uma das várias que eles mandam organizar nessa época do ano, mas é considerada uma das mais importantes, já que além dos anfitriões de sangue-azul reúne também os cerca de 400 funcionários mais chegados e fiéis deles.

Andrew, que é tido como o filho favorito de Elizabeth II, entrou em desgraça logo depois do suicídio de Jeffrey Epstein, em agosto, quando viu seu nome envolvido em alguns dos crimes sexuais atribuídos ao falecido multimilionário. A situação do príncipe se agravou ainda mais no mês passado, quando ele concedeu uma fracassada entrevista para a “BBC” na qual falou com a maior frieza sobre sua amizade com Epstein. E dizem que o pior ainda está por vir…

Como não coloca em risco a coroa que carrega há 67 anos por nada nesse mundo, a rainha se viu obrigada a cortar na própria carne e dispensar Andrew de suas funções reais e até a suspender o pagamento da pensão anual de £ 250 mil (R$ 1,32 milhão) que o pais das princesas Beatrice e Eugenie recebia. Não bastasse isso, são grandes as chances de que o “royal” seja barrado na tradicional missa natalina na igreja de St Mary Magdalene do Palácio de Sandringham, onde Elizabeth II prefere passar o dia 25. Como também é Chefe Suprema da Igreja da Inglaterra, Sua Majestade está considerando ser melhor dar uma folguinha para o herdeiro número três nesse ano. (Por Anderson Antunes)