14.03.2016  /  15:37

Apesar da pressão, Martin Sorrell está longe de deixar seu cargo na WPP

DV379103
Martin Sorrell, CEO da gigante britânica WPP || Créditos: Getty Images

Apesar das pressões para que se aposente, Martin Sorrell, CEO da gigante britânica WPP, não dá sinais de que pretende deixar o comando da empresa, que é líder mundial no segmento de serviços de marketing. Um dos motivos que provavelmente o prendem ao cargo é o polpudo salário que ele recebe: entre 2009 e o ano passado, Sorrell embolsou 190 milhões de libras (R$ 986,5 milhões) entre salários e bônus, sendo 70 milhões (R$ 363,4 milhões) referentes ao exercício de 2015.

Em tempo: a WPP está presente no Brasil através de várias empresas, entre elas a 9ine Sports and Entertainment, a agência de marketing fundada por Ronaldo Nazário, da qual detém 45%, e o Grupo Máquina, por meio de participação majoritária adquirida em janeiro.