08.03.2019  /  14:17

Apenas 6 países em todo o mundo podem ser considerados como “paraísos” para as mulheres

O Brasil não está entre as nações empoderadas || Créditos: Getty Images

Apenas seis países em todo o mundo podem ser considerados como igualitários no que diz respeito aos direitos de mulheres e de homens. De acordo com um novo relatório do Banco Mundial feito com base em dados públicos de 131 países, intitulado “Mulheres, Negócios e a Lei em 2019”, o sexteto de nações empoderadas é formado por Suécia, Luxemburgo, Letônia, Dinamarca, Bélgica e França. Todas receberam o máximo de 100 pontos em um placar que leva em conta as facilidades e também as dificuldades enfrentadas pela população feminina no que diz respeito a salário, abertura do mercado de trabalho, além das liberdades de andar pelas ruas, de se casar e de ter filhos.

O melhor colocado entre todos os países da Américas, o Canadá marcou 97,5 pontos, enquanto Estados Unidos e Brasil marcaram, respectivamente, 83,75 e 81,88 pontos. Já os lanterninhas do levantamento são Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Qatar, Irã e Sudão, todos com menos de 35 pontos. Recentemente, um outro estudo feito nos Estados Unidos apontou que a forma mais fácil para que mulheres entrem para o seleto universo dos 1% mais ricos do mundo é se casando com pessoas que já fazem partem dele, o que indica um longo caminho ainda pela frente na luta pela igualdade entre os gêneros. (Por Anderson Antunes)