Aos quatro anos e considerada gênio do piano, Brigitte Xie vai interpretar Mozart no Carnegie Hall

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
Brigitte Xie, a pequena prodígio do piano aos quatro anos de idade || Créditos: Reprodução

O que você estava fazendo aos três anos de idade? Brigitte Xie, uma pequena prodígio do piano de Connecticut, nos Estados Unidos, se tornava a vencedora mais jovem do concurso Elite International Music, uma importante competição internacional que costuma receber musicistas a partir dos seis anos de idade. A vitória ainda garantiu à pequena gênio uma vaga para se apresentar no Carnegie Hall, uma sala de espetáculos, em Nova York.

Tudo começou quando, durante o período de isolamento social por conta da pandemia do novo coronavírus, em junho do ano passado, o pai de Brigitte, Tao Xie, decidiu matricular a filha em aulas de música online para “passar o tempo”. “Foi uma tentativa de mantê-la entretida dentro de casa. Ela começou a praticar aos poucos e fiquei surpreso com a rapidez com que ela aprendeu. Achei incrível”, contou o pai em entrevista ao “The New York Post”.

Segundo Felicia Feng Zhang, a professora da pequena, “ela é realmente excepcional e tem um ouvido muito bom. Quando eu demonstro, Brigitte observa atentamente e em seguida repete à perfeição”. Vendo o potencial da jovem aprendiz e todas suas habilidades naturais, Felicia decidiu incentivá-la cada vez mais e propôs que a menina participasse do concurso. “Eu perguntei: ‘Brigitte, você gosta de desafios? O que acha de estar em um palco?'”.

Brigitte, que hoje já tem quatro anos, pretende interpretar Mozart em sua apresentação no Carnegie Hall e deve ser a pessoa mais jovem a tocar na história da sala. “A primeira vez que a ouvi tocando fiquei profundamente comovida, disse Nicole Sun, mãe da pequena prodígio que também é pianista. Já o pai, que garante estar muito animado para assistir à filha em Nova York, acrescentou que Brigitte é tão próxima da música porque a família é uma grande amante da arte e que tocam de tudo: desde clássico a pop, em casa e no carro. Play para prestigiar a pequena gênio do piano.