13.08.2020  /  14:11

Andrew Lloyd Webber, ‘rei da Broadway’, testa vacina contra o coronavírus: “Farei qualquer coisa para que cinemas e teatros abram novamente”

Andrew Lloyd Webber toma vacina contra coronavírus // Reprodução Instagram

Andrew Lloyd Webber acaba de receber uma dose da vacina contra o coronavírus, como parte da fase de testes da Universidade de Oxford. “Acabo de concluir o teste da vacina Oxford Covid-19. Farei qualquer coisa para que os cinemas e teatros abram novamente, e atores e músicos voltem a trabalhar”, escreveu o premiadíssimo compositor britânico de 76 anos em seu Instagram junto com foto em que aparece sendo vacinado.

A Universidade de Oxford e a empresa farmacêutica AstraZeneca estão trabalhando no desenvolvimento da vacina chamada ChAdOx1 nCoV-19. Milhares de pessoas no Reino Unido, Estados Unidos, Brasil e África do Sul se ofereceram para participar dos testes clínicos, que estão na fase 3 (que atesta a segurança e eficácia das doses). No dia 20 de julho, os pesquisadores anunciaram que os resultados iniciais de 1.077 pessoas eram promissores, sugerindo que a vacina é segura e desencadeia uma resposta imunológica.

Muitas pessoas elogiaram Webber por sua disposição de se envolver na busca de uma cura ou tratamento para o vírus. “Admiro como você realmente atua para apoiar o que você acredita. A maioria das pessoas fala muito, mas faz pouco. Estou com os dedos cruzados para que a vacina funcione. Fique seguro”, postou um seguidor.

Em tempo: a Broadway, em Nova York, e o West End, em Londres, estão fechados desde março devido à pandemia e sem previsão de reabrir. Nos últimos meses, tanto Webber quanto seu amigo produtor Cameron Mackintosh têm falado muito sobre a “resposta fraca” do governo do Reino Unido para ajudar a indústria do teatro durante a crise.