25.09.2014  /  13:57

André Lima fecha marca que leva seu nome após 15 anos

 

André Lima encerrou as atividades da marca que leva seu nome após 15 anos, e, sem olhar para trás, já está pronto para novos desafios. “Quero explorar diferentes possibilidades criativas que envolvam moda, beleza e a estética em geral”, contou. O estilista paraense fará a direção criativa de marcas, campanhas, produtos e eventos, além de colaborações com centros acadêmicos.

O primeiro passo foi doar o seu acervo de desfiles para quatro instituições: Museu de Arte do Rio (MAR), Faap, Anhembi Morumbi e a Universidade Federal do Pará. “Quero repassar o que minha raiz, as minhas antenas e o meu ofício me permitiram criar. A possibilidade de estar entre tantos artistas na exposição [‘Pororoca – A Amazônia no Mar’, no Museu de Arte do Rio] é o início de uma série de projetos que ainda vêm por ai”.  Confira a entrevista.

Glamurama – Como surgiu a ideia de trabalhar em outras áreas do mercado de moda?
André Lima – O ponto de partida do meu trabalho é a pesquisa, e a criação foi o que sempre me alimentou. Analisando o papel do criativo no mercado contemporâneo e minha experiência estética e técnica, observei que minha contribuição poderia ir além dos lançamentos sazonais.

Glamurama – Qual será o seu próximo projeto?
André Lima – A largada foi dada com a doação do meu acervo de desfiles. Em cada instituição serão propostos diferentes exercícios em torno das peças. Estou escrevendo muito e mergulhando pesado em pesquisa e criação.

Glamurama – Como você enxerga a indústria de moda brasileira?
André Lima – Em transformação. A relação do consumidor com a informação mudou e está evoluindo a cada instante por meio da comunicação digital e da construção do desejo, não só na moda, mas no consumo como um todo.

Glamurama – Pretende voltar a ter a sua marca algum dia?
André Lima – Minha marca vai estar presente onde eu for. É a minha maneira de olhar o mundo e de propor diferentes ideias sempre.

Glamurama – O que você leva de aprendizado desses 15 anos?
André Lima – A mais forte característica de um estilista é a capacidade de se reinventar, de buscar o novo em toda a sua essência. A moda é mutante, e todo criador assim deve ser.

Em tempo: Andre Lima já fez coleções para a marca de fast fashion Riachuelo, além do e-commerce Shop2gether. O estilista também fez uma coleção-cápsula em parceria com a marca de sapatos Olook. (por Manuela Almeida)