24.01.2018  /  9:00

Amigo de assassino de Versace revela: “ele planejava fazer o mesmo com Tom Cruise, por quem era obcecado”

Andrew Cunanan e Cruise || Créditos: Getty Images

A história de Andrew Cunanan, o assassino de Gianni Versace, voltou a render assunto na imprensa americana desde a estreia da segunda temporada de “American Crime Story”, que é baseada na trágica morte do estilista em 1997. De acordo com um dos melhores amigos do autor do crime, o verdadeiro alvo dele era outro famoso: ninguém menos que o maior astro de Hollywood, Tom Cruise.

Entrevistado pelo tabloide americano “National Enquirer”, Michael O’Brien – que chegou a dividir um quarto com Cunanan anos antes da tragédia – disse que o serial killer sempre sonhou em ter um encontro com o protagonista de “Missão: Impossível”, por quem era obcecado, e que provavelmente planejava fazer com ele o mesmo que fez com Versace.

O’Brien revelou ainda que o ex-roommate se referia a Cruise como alguém que já fazia parte de sua vida, e que ele sonhava em invadir a casa do ator para visitar seu closet e provar sua famosa coleção de jaquetas de couro. “Era esse o nível da loucura dele”, disse ao “Enquirer”.

Cunanan – interpretado na série do FX por Darren Criss – cometeu outros quatro homicídios e chegou a figurar temporariamente na lista das 10 pessoas mais procuradas dos Estados Unidos. Cometeu suicídio oito dias depois de matar Versace no portão de sua Villa Casuarina, em Miami, onde hoje funciona um hotel boutique com diárias a partir de US$ 1 mil (R$ 3.229). (Por Anderson Antunes)

Darren Criss, em cena no papel de Cunanan || Créditos: Divulgação