Jenna Ryan embarcando em sua cidade no Texas rumo à capital dos EUA
Jenna Ryan embarcando em sua cidade no Texas rumo à capital dos EUA || Créditos: Reprodução

Apoiadora de Trump foi de jatinho até Washington só para participar do ataque ao Capitólio

3 Compartilhamentos
3
0
0
0
0
0
Jenna Ryan embarcando em sua cidade no Texas rumo à capital dos EUA
Jenna Ryan embarcando em sua cidade no Texas rumo à capital dos EUA || Créditos: Reprodução

Como era de se esperar, a surpreendente invasão ao Capitólio na última quarta-feira continua sendo um dos assuntos mais discutidos pela mídia americana. Desde a comparação das imagens que chocaram o mundo e mostram o prédio  – centro do legislativo dos Estados Unidos e um dos principais símbolos da democracia americana  – sendo invadido com atos criminosos semelhantes aos ocorridos nas chamadas “repúblicas das bananas” no passado, às possíveis consequências que isso terá na vida pós-Casa Branca de Donald Trump, apontado como incentivador do ataque sem precedentes que resultou em cinco mortes até agora, tudo está sendo analisado com lupa por experts.

Mas vez por outra também surgem histórias inusitadas, para dizer o mínimo, sobre pessoas que participaram do caos em Washington, como é o caso da americana Jenna Ryan. Moradora de Frisco, no Texas, a mulher de aparentes 50 e poucos anos postou horas antes de toda a confusão de quarta uma foto no Instagram na qual aparece embarcando em um avião privado junto com alguns amigos rumo à capital dos EUA só para marcar presença no que chamou de “marcha pela América” na rede social.

Ao longo do fatídico dia e depois de ter desembarcado em Washington, Ryan fez várias outras postagens no Instagram e também no Twitter e no Facebook nas quais não poupava elogios a Trump, de quem afirma ser fã de carteirinha, e aos invasores do Capitólio, e numa delas chegou a ameaçar os órgãos de mídia que cobriam o motim. “Se vocês [a mídia] continuarem mentindo, seus estúdios serão os próximos [a serem invadidos]”, tuitou a anarquista de jatinho. O que ela possivelmente não imaginava é que todas essas postagens acabariam se tornando provas em potencial daquilo que muitos estão classificando como terrorismo, e algo que até o próprio futuro ex-presidente dos EUA mais tarde se apressou em condenar. E, claro, o FBI já está na cola dela. (Por Anderson Antunes)

*

Clica na seta da galeria aí embaixo pra ver mais imagens de Ryan no voo para Washington, no qual ela embarcou com amigos, e da turma de arruaceiros vips já na capital americana:

[galeria]4742558[/galeria]