13.07.2015  /  10:22

Altos e baixos: conheça 7 pessoas famosas que já decretaram falência

Hoje em dia, eles são cheios de prestígio e bastante conhecidos, mas já passaram por maus bocados em quesito financeiro. Pois é, algumas pessoas bem famosas já acumularam dívidas enormes e tiveram que decretar falência. Entre elas, estão Oscar Wilde e Cyndi Lauper. Conheça 7 ex-falidos que deram a volta por cima!

Oscar Wilde || Créditos: Getty Images
Oscar Wilde || Créditos: Getty Images

Oscar Wilde foi forçado a declarar falência em 1885, depois de ter entrado na justiça contra John Sholto Douglas, o marquês de Queensberry, por difamação. O escritor foi acusado de sodomia, por ter tido um caso com Lorde Alfred Douglas, terceiro filho do marquês, e resolveu abrir um processo contra ele. Mas Wilde acabou sendo condenado por “indecência” através do Ato de Emenda do Direito Penal de 1885, que proibia a homossexualidade no Reino Unido. O Marquês declarou que Wilde era responsável por pagar todas as suas despesas legais, fazendo com que Oscar declarasse falência e vendesse vários de seus bens pessoais, incluindo os direitos de produção de “The Importance of Being Ernest” e “O leque de Lady Windermere”.

Oscar Wilde || Créditos: Getty Images
Abraham Lincoln || Créditos: Getty Images

Antes de se tornar o 16º presidente dos Estados Unidos, Abraham Lincoln já teve um negócio que faliu em 1832: uma loja de artigos gerais. Ele tinha um sócio que, junto dele, comprou até algumas lojas das proximidades, mas as vendas decepcionaram e quando seu parceiro morreu, Lincoln se tornou responsável por US$ 1000 em dívidas. Quando foi levado ao tribunal pelos seus credores, ele teve que abrir mão de seu cavalo e seus equipamentos de levantamento de peso, e continuou pagando dívidas até 1840.

Marvin Gaye || Créditos: Getty Images
Marvin Gaye || Créditos: Getty Images

Marvin Gaye emplacou vários sucessos durante os anos 60, 70 e 80, como “I Heard it Through the Grapevine” e “Let’s Get It On”, mas isso não impediu ele ter declarar falência em 1976, depois do seu divórcio com Anna Gordy Gaye. Por conta das pensões alimentícias em atraso, os mais de US$ 600 mil lucrados em royalties com seu álbum “Here, My Dear”, foram dados à ex mulher.

 

Cindy Lauper || Créditos: Divulgação
Cyndi Lauper || Créditos: Divulgação

No começo de sua carreira, Cyndi Lauper decretou falência quando a banda Blue Angel, da qual ela fazia parte, terminou. Por um tempo, a cantora teve que cantar em um restaurante japonês vestida de gueixa para pagar suas dívidas. Isso foi até 1983, quando seu gerente apareceu com um contrato com outra gravadora. O resto é lenda…

Burt Reynolds || Créditos: Reprodução
Burt Reynolds || Créditos: Reprodução

O ator americano Burt Reynolds foi outro que já faliu, em 1996, depois de sua separação com Loni Anderson. Ele alega que perdeu mais de US$ 40 milhões para a ex, e que seu ex-contador havia roubado US$ 15 milhões de seu patrimônio. Depois de ter declarado falência, no mesmo ano ele estreou o sucesso “Striptease” e em 1997, “Boogie Nights”.

Burt Reynolds || Créditos:
MC Hammer || Créditos: Getty Images

O rapper MC Hammer, famoso nos anos 90, acumulou mais de US$ 33 milhões em sua carreira, segundo a “Forbes”. Mas em 1996, ele teve que declarar falência com mais de US$ 13 milhões em dívidas no banco, graças ao seu estilo de vida extravagante e às baixas vendas dos seus álbuns. Segundo a “CNN”, ele na época tinha mais de 40 funcionários, 17 carros e tinha um estábulo para cavalos de corrida.

larry
Larry King || Créditos: Getty Images

O apresentador Larry King tem hoje um patrimônio estimado de US$ 150 milhões, mas sua vida nem sempre foi um mar de rosas… Em 1971, ele foi preso por um calote de mais de US$ 5 mil em seu parceiro de negócios. As acusações foram retiradas mais tarde, mas o escândalo fez ele ser demitido de vários trabalhos no rádio. Em 1978, King declarou falência com dívidas acumuladas de US$ 350 mil.