30.07.2013  /  11:13

Alexandre Nero: “Sou o anticristo. Só atrapalho”. Não entendeu? Play!

Paulinho da Viola e Alexandre Nero: show beneficente

Alexandre Nero, de férias da TV desde o fim de “Salve Jorge”, tem se dedicado ao cinema e à música, que sempre foi sua paixão. No programa “Na Moral”, de Pedro Bial, dessa quinta-feira, que teve sexo como tema, o ator cantou hits de Chico Buarque, Rita Lee, Leandro e Leonardo e Roberto Carlos – até chamou o rei de “sacaninha” por causa da letra de “Cavalgada”. Logo depois, ele aceitou outro convite: interpretar um sucesso de Paulinho da Viola em uma roda de samba montada nessa segunda em um teatro de Copacabana, com a participação do próprio Paulinho, para levantar fundos para a SBAT [Sociedade Brasileira de Autores Teatrais], fundada por Chiquinha Gonzaga.

* A canção escolhida por ele? “Argumento”. “Estraguei a música. Meu trabalho é esse. Sou o anticristo. Sirvo só pra atrapalhar os caras”, disse Alexandre, no final da apresentação. A gente quis saber se ele gostaria de ficar fixo como atração no “Na Moral”, como fazia Leo Jaime em “Amor e Sexo”. “Tenho vontade de dar palpite e falar bobagem. Só isso que sei fazer”, respondeu. A ideia não é deixar a dramaturgia um pouco de lado para investir mais na carreira de cantor. “Nada disso. A gente se diverte com as duas coisas.” Mas não dá pra negar onde está seu foco atualmente. “Viajo amanhã, a trabalho. Vou fazer show.” Ele já tem 9 CDs gravados, apesar de ser bem mais famoso como ator.

* Quer ver Alexandre cantando Paulinho da Viola? Aperte o play!