14.07.2020  /  11:15

Álbum de estreia de Dalai Lama alcança o primeiro lugar nas paradas de sucesso em menos de 10 dias após o lançamento

Música para o equilíbrio da alma é o que pede esse momento que vivemos. E a prova disso é o álbum “Inner World”, que marca a estreia de Dalai Lama no cenário musical e chegou ao primeiro lugar nas paradas da Billboard em menos de 10 dias. Inner World, lançado no dia 85º de aniversário do líder religioso, traz seus mantras e ensinamentos de palavras faladas misturados à música, que foi gravada pelos músicos da Nova Zelândia Junelle e Abraham Kunin. O álbum estreou em primeiro lugar na parada New Album da Billboard (julho de 2018) e no oitavo lugar no World Albums no final da última semana com 2 mil unidades de álbum equivalentes só nos Estados Unidos, de acordo com dados da Nielsen Music/MRC Data. Metade dessa soma é através da venda de álbuns e ao mesmo tempo ele estreia no 98º lugar no gráfico de vendas de álbuns ‘all-genre’ (todos os gêneros).

De acordo com a Associated Press, Junelle Kunin foi quem teve a ideia do álbum e anos atrás chegou a contatar o escritório do Dalai Lama, mas sem sucesso. Mas, ela não desistiu e, em 2015, durante uma viagem para a Índia, Junelle conheceu o monge tibetano e entregou uma carta com o convite a um de seus assistentes. Mais tarde, o próprio Dalai Lama aceitou a oferta.  A voz do Dalai Lama no álbum é resultado de conversas gravadas que ele teve com Junelle. Ele também recita os mantras dos sete Budas, que abordam tópicos como sabedoria, coragem, cura e filhos.