09.08.2017  /  10:44

#AintNoCinderella: saiba porque as indianas têm postado selfies à meia-noite

Publicação de Palak Sharma com a hashtag #AintNoCinderela|| Créditos: Reprodução Twitter

No feed dos perfis das redes sociais de muitas mulheres jovens indianas, a hashtag #AintNoCinderella (#NãoéCinderella, na tradução livre) tem despertado a atenção do mundo. Todas as vezes em que aparecem, acompanham selfies das autoras dos posts enquanto curtem uma noitada à meia-noite. Trata-se de um protesto em resposta ao político que disse que a mulher que foi perseguida na Índia em seu carro por dois homens “não deveria ter saído tarde da noite”.

O caso aconteceu com Varnika Kandu, que trabalha como DJ em Chandigarh, e estava voltado para casa na sexta-feira (28 de julho), quando foi perseguida pelos homens – um deles era Vikas Barala, filho de proeminente político do Partido do Povo Indiano. Na quarta-feira, Barala foi preso acusado pela polícia indiana de “perseguição, dirigir bêbado e tentativa de sequestro”. Segundo o depoimento de Varnika, ela foi  “perseguida e quase sequestrada” e que não foi “estuprada e assassinada” apenas porque a polícia respondeu rapidamente a sua chamada de socorro. 

Depois, ela escreveu um post em seu Facebook que logo se tornou viral. Na sequência, o senador do partido BJP do estado de Haryana, Ramveer Bhatti, culpou a moça pelo que aconteceu com ela. “A garota não deveria ter saído à meia-noite”, disse ele ao canal de TV “CNN News”. “Por que ela estava dirigindo tão tarde da noite? A atmosfera não é certa. Precisamos ser cuidadosos.”

A atriz  e política indiana Divya Spandana || Créditos: Getty Images

Logo em seguida, foi lançada por Divya Spandana, chefe do departamento de mídia social do Partido do Congresso da Oposição e que também é atriz famosa na Índia, a campanha #AintNoCinderella. “Por que mulheres não devem sair à meia-noite?”, questionou a atriz no canal de TV “BBC”. “Pergunto a pessoas como o deputado Bhatti quem são eles para decidirem o horário que devemos nos recolher? Esta é uma mentalidade muito regressiva”, completou .

Posts com a hashtag #AintNoCinderela|| Créditos: Reprodução
Posts com a hashtag #AintNoCinderela|| Créditos: Reprodução