Publicidade

Lais Myrrha abre a exposição individual “Fundamentos de Pedra”, neste sábado (20), na Galeria Millan, na Vila Madalena.

Divulgação

O conjunto de obras na exposição são exemplares da densa pesquisa da artista sobre os aspectos simbólicos, históricos e políticos da arquitetura modernista, da cidade de Brasília e do projeto de modernização do país — também visível em projetos como os apresentados no 37º Panorama de Arte Brasileira, MAM-SP, na 32ª Bienal de São Paulo, onde a artista ocupou o vão do pavilhão projetado por Niemeyer ou, ainda, no Projeto Gameleira 1971, no Pivô, no edifício Copan, do mesmo arquiteto.

Os trabalhos ficam por lá até 24/06/2023.

Instagram

Twitter